quinta-feira, 28 de maio de 2009

"E é assim que vai ser daqui pra frente minha filha..."

Ontem fui pra Itabira, cidade da minha mãe pra reunião do Rotary que acontece toda quarta feira.
As reuniões são cheias de formalidades e eu já tinha ido umas duas vezes ano passado, mas esse ano tenho que ir mais porque meu intercâmbio está chegando.
Ontem em especial foi a apresentação do Emanuel, o belga que está lá em casa, sobre seu país. Cheguei em cima da hora com meus pais, mal coloquei o pé para dentro e todos vieram me cumprimentar. Sou a única intercambista desse ano, normalmente eles mandam uns 4, então sou super paparicada(e amo, confesso).
A reunião começou e o primeiro membro do clube(cada membro tem uns dez minutos pra falar em toda reunião) já falou de cara: "Queremos dar as boas vindas a nossa intercambista Luiza Padovezi que hoje veio nos fazer uma visita" todo mundo olhou pra mim e eu, naturalmente, fiquei vermelhissima.
Na hora do oficial de intercâmbio foi falar ele disse: "Quero chamar a intercambista do nosso clube, Luiza, para vir aqui na frente e nos falar um pouco sobre como está sendo a expectativa do intercâmbio"
O QUE???????????? Scorroooo!!!!!! Sou só uma visita aqui meu filho! Faz isso comigo não....
Mas fui, cara queimando e as pernas tremendo(se você ainda não percebeu tenho PÂNICO ao falar em público)
Me coloquei diante daquela enorme plateia, meus amigos estrangeiros até se ajeitando para frente e olhando fixamente para mim para entender cada palavra que eu iria dizer.
A primeira palavra não saiu, respirei fundo e disparei a falar, nem eu sei o que falei, só lembro dos aplausos e de eu correndo desesperada pro meu lugar.
No fim da reunião todos vieram falar comigo e me dar os parabéns por ter falado tão bem. Bom gente, parabenizem o espírito que baixou em mim porque aquela não era eu!!!!
Até recebi um convite do presidente do Interact pra participar das reuniões e entrar pro grupo deles para que eu possa ir para Dinamarca como interactiana. AMEI!
Por fim fui embora com o frio na barriga que não queria cessar, só pensando que na Dinamarca ia ser assim, ou pior porque seria tudo naquela língua que não é de Deus. Nesse exato momento, como se meu pai estivesse lendo meus pensamentos(ou sentindo aquele frio na barriga também) disse: "E é assim que vai ser daqui pra frente minha filha..."

terça-feira, 26 de maio de 2009

Construindo o futuro...pelo menos o meu próximo ano né?


Que surpresa boa abrir a minha caixa de email há alguns dias e ver um enorme: "Hello from Denmark!" Era o email da Signe, uma menina de 17 anos que vai ser minha host sister da última casa. Fiquei surpresa porque sempre os intercambistas só conversam com a primeira família antes de viajar e as outras mal sabem quando vão receber o estrangeiro, mas a Signe já sabia tudo e pelo jeito leu o formulário e a carta que mandei para o Rotary de lá porque ela já sabia tudo sobre mim...

Como já disse ela é da minha idade, mora com os pais, estuda no colégio que eu ia estudar(e viva pq não vou estudar mais lá!quem leu meus post de um tempo atras sabe porque), mora em uma fazenda(ugh!) e já fez intercambio no Canadá.

Só sei que deve ter mais ou menos uma semana só que estamos trocando emial e cara já adoro minha futura irmazinha!! Ela tá ma ajudando muito e como já fez intercambio ela sabe bem como estou me sentindo.


Esse fim de semana ela me mandou algumas fotos:

A vilinha que ela mora(é diferente da minha primeira família, fica a uns três kilômetros da costa)

A casa, segundo Signe o céu não é sempre tão cinze e nessa foto não dá pra ver o chiqueiro =S!!!
A família!!
Esse Final de semana também recebí mais um email da Birgitte, minha primeira mãe, com muitas informações sobre eles e fotos.
Dessa vez minha futura mãe se superou e me contou até como ela conheceu seu marido O.o. Mas ela parece sem realmente muito simpática e disse que eles fazem exercícios todos os dias, o que é muito bom porque quem sabe eles não me influenciam e eu volto menos gorda do que imaginava??

Futuros Pais!! Birgitte e Jørgen, parecem ser umas gracinhas!
Cristina, filha do casal

domingo, 17 de maio de 2009

My future home

Mais um email da minha mãe dinamarquesa, ele acaba de me mandar fotos da minha nova casinha. Fiquei ainda mais animada! A casa é uma fofura e, como já tinha visto no mapa que ela me mandou, fica pertíssimo da costa, de modo que o meu quarto(segundo ela é o dos fundos no segundo andar) tem uma vista maravilhosa do mar *.*
A única coisa que me desanimou, e desanimou bastante, foi ver que não tem absolutamente nada aos arredores da casa, só dá pra ver umas construções ao longe =s
Ah mas não importa, essa experiencia vai ser única eficando mais tempo em casa vou poder conversar bastante em dinamarques com minha família e ter tempo para escrever aqui!

Enchegou onde tem algo??? Beeeeem longe. Detalhe para o patriotismo:bandeira da Dinamarca bem a mostra.
Meu quartinho fica nessa janela no segundo andar, esse é o fundo da casa

Mas o lugar é lindo não é não? Viu o mar? Ain *.*

quinta-feira, 7 de maio de 2009

O dia depois da conferência e a notícia MARA de hoje!!!

Como prometi eis o meu próximo post para contar o que aconteceu logo depois da viagem da conferência.
Eu sou viciadíssima em Internet e fico checando meu email o tempo todo, nesse dia acabei de chegar da escola e já fui abrindo o hotmail e na hora exata que entrei chegaram dois emails com o assunto: Greeting from Denmark. Quase caí para trás!! Saí berrando pela casa para ninguém(passo o dia todo sozinha em casa): MEEEEEUUUU EMAAAAAAILLLL CHEGOOOOOUUUU!!!
A emoção era tanta que mal o "hello Luiza" eu entendi . Fui me acalmando e lí o email. Era um email curto falando mais ou menos da cidade e da família deles. É uma família de um pai, uma mãe e uma filha da minha idade mas ela vai morar em um colégio interno então serei filha única :p. A mãe parece ser uma gracinha, o tempo todo ela escrevia que estava ansiosa para me ver e que iriam fazer de tudo para esse ser um ano inesquecível *.*
Mas bateu uma preguicinha quando ela falou sobre minha cidade. Morarei em uma cidadezinha de 50 mil habitantes, Svendborg, e minha primeira casa é em uma vila 15km longe dessa cidade principal. Eu sou de Itabira, 100 mil habitantes, e já acho pequeno. Mas aí lembrei que era Dinamarca, um país bem menor que o estado de Minas Gerais, só podia ter cidades pequenas também né? O outro email dela era um mapinha com a região de Fyn, a ilha em que vou morar, com Svendborg e as vilazinhas próximas.
No email mesmo ela falou do email que meu concelheiro de lá, Arne, ma mandou há um tempo atrás, mas eu não recebi email nenhum e falei com ela. Logo ela me mandou a cópia do email que deveria ter chegado para mim.
De cara já adorei o meu concelheiro! Ele me mandou todas as informações que precisava, me disse que assim que chegasse era pra entrar em contato com ele porque ele e a mulher dele queriam me levar para conhecer a cidade e todas as minhas famílias, uma gracinha. Fiquei positivamente surpresa porque meu colega que está na Dinamarca em Copenhagen falou que o Rotary de lá só entrou em contato com ele muitos meses depois que ele já estava lá, e eu sei que o apoio do Rotary é muito importante para um bom intercâmbio.
Ele escreveu o quanto ansiosos estavam todos para me receber e me mandou o endereço, telefone, email de todas as minhas famílias, do oficial de intercâmbio de lá e da presidente do clube. Achei muito atencioso.
Escreveu também que já tinha olhado uma escola para mim mas como viu na minha carta que eu gostava muito de ballet estava tentando arrumar uma escola de esportes para mim que também tem ballet. O problema é que para estudar nessa escola teria que pagar 6000 dólares e como o Rotary é filantrópico eles não tem como bancar mais isso para mim,o que seria uma pena porque entrei no site desse colégio e parece ser um ótimo colégio, enooooorme, sem contar que ia poder dançar né? então queria muito ir para lá...maaaaas hoje ao abrir meu email recebi a ÓTIMA notícia do Arne:
Dear Luiza
Thank you very much for your mail,

It was very nice to hear from you, and I am glad now to have YOUR e-mails address.

As I wrote you, there were problems with the sports college, demanding app 6000 US$ for your to be in the college.

I just to day got the information, that the college THIS TIME will take you free of extra costs!

CONGRATULATIONS
You will be in the sports college, with a Brazilian Ballet leader Fattima every day, apart from Wednesday, where you will be in Svendborg Gymnasium for Danish learning!

Sorry for this very short mail; but am I extremely hurry now, and actually did not have time for the mail; but thought it was so good and important for you!

Warmest greetings

Sabe aquele email que você tem que ler um milhão de vezes para acreditar?? Sem contar que o inglês dele é meio estranho então tive que ler muito mesmo. Mas viu, viu, viu, VIU??? Fui aceita no colégio sem custos! Eles me aceitaram de graça!!! Então vou fazer ballet todos os dias menos na quarta porque terei aulas de Dinamarquês!
Não mereço tanto! é muito bom!!! Sem dúvida esse será O MELHOR ANO DA MINHA VIDA!!!!


minha futura cidadezinha SVENDBORG!

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Abandono total e Conferência Distrital

ah que abandono!
eu sei que esse blog eh só pra mim, mas eu me prometí ser assídua no registro da minha nova aventura, logo agora que tanta coisa aconteceu eu abandonei isso aqui =(
e aconteceu muita coisa mesmo! então nesse post vou flar do feriado do dia 18 ao 21 e no próximo falarei do que aconteceu logo no dia depois

então, no feriado da semana santa foi a conferência destrital que acontece todo ano do Rotary, é a reunião mais importante do ano rotário e todos relacionados deveriam ir, inclusive os intercambistas que estão aqui e que ainda vão.
a conferência começou dia no sábado mas na sexta peguei um ônibus com o pessoal do meu clube e viajamos a noite toda. Eu não conhecia ninguém, só o meu concelheiro, mas como sou a única intercâmbista de Itabira desse ano todos os rotarianos já sabiam quem eu era. no nosso ônibus tinham, além de mim, mais 4 jovens intercambistas, Emanuel da Bélgica, Alexa da Hungria, Witchapon(se eh q eh assim q escreve) da Tailândia e Cameron da Austrália. Mas de brasileiro só eu mesmo. Quando entrei no ônibus todo mundo já estava em seus lugares, os intercambistas la atras conversando em ingles e os adultos na frente, esses últimos logo me chamaram para conversar e queriam saber se tinha novidades do meu intêrcambio. depois de um tempo parei de conversar, sentei sozinha e já ia dormir quando escutei "hey dude, let's go there to talk with us!" era o Cameron. só o conhecia de vista e tinha uma quedinha por ele. ele não é nenhum Deus, mas é loiro, forte, super alto e de olho azul, do tipo que sou fraca.
assim que cheguei la atrás comecei a conversar com o Emanuel que já conhecia antes e a Alexa que é um amor de pessoa, o Cameron mesmo foi para um canto qualquer. depois o Emanuel gritou "com'on man! u said that u wanna talk to her and go away?" ele levantou na maior má vontade e começou a resmungar com uns 'fuck' no meio e sentou do meu lado.
começamos a conversar em ingles ja q ele n fla NADA de portugues. se eu sentia alguma pinta de atração por ele foi sumindo a cada instante até que já havia umas 3 horas que ele não parava de falar e eu passei a detesta-lo. sem contar q eram la pelas 3 da manha! em resumo: o garoto eh hiperativo e não conseguiu dormir, e nem me deixou dormir. se eu virava e fechava os olhos ele me cutucava e flava de novo, sem contar que com aqueles papos eu já estava pedindo para morrer!! ele flava da coleção de 27 pares de tênis delem, me flou que pegou 40 garotas nos 3 meses que esteve no Brasil e outras coisas q definitivamente n m interessavam!
mas lá pelas 5 da manhã, como em um milagre, consegui dormir....mas de repente começo a sentir a mão dele por baixo do meu cobertor e pegando minha mão depois ele começou a passar a mão no meu braço e cintura, tomei um susto, acordei e fiquei alerta o resto da viagem.
chegui MORTA em poços de caldas e fomos acomodados em nossos quartos, como o nosso foi o primeiro onibus a chegar eu aproveitei para correr para o quarto e dormir um pouco. logo depois chegou minha primeira companheira de quarto, o q foi meio decpcionante:todo mundo ficaria no quarto com jovens e so no meu colocaram uma oficial d intercambio ¬¬' mas as coisas melhoraram logo depois quando chegou a Helle, uma dinamarquesa que me contou um monte sobre a Dinamarca e logo ficamos inseparaveis!
e os próximos três dias se desenvolveram assim: ensaios para a conferencia(musica Imagie e umas outras paradinhas), passeios pela cidade com os intercambistas, reuniões sobre intercâmbio, coquetéis, jantares, solenidades, apresentação e no último dia foi o baile.
só sei que amei muito tudo! conheci pessoas de todo o mundo, e otimas pessoas do brasil tambem! dancei muito no baile, sambei com americanos e australianos, dancei valsa com um australiano(aiai Neil *.*), dancei forró com um tailandes e uma dinamarquesa, dancei roberto carlos com um taiwanes...o chato foi que algumas beasileiras bitoladas chamaram os estrangeiros(claro que os gatos ne) para fugir de la e irem para um bar. achei pessimo, mas relevei...so sei que curti muiito! no final da festa o tailandes que esta em itabira veio ate mim e disse "você dança muito bom!" achei a maior gracinha
no fim os estrangeiros nos deram seus cartões de contato e trocaram pins entre sí. é que no Rotary todo mundo tem um blaizer do intercambio e cada um tem seu pins, ou broches, que eles trocam entre os inbounds(estrangeiros) nos outbounds(brasileiros) naum temos blaizers nem pins então agente não troca ainda, mas achei a coisa mais fofa do mundo quando uns tailandeses vieram até mim e me entregaram uns pins, cartõezinhos e fitinhas do país deles. eu falei "mas nem tenho pins para trocar ainda" e eles responderam "agente sabe, mas quer dar para você para você não esquecer" ounnnn *.*
a volta, graças a Deus foi melhor. Cameron estava morto e eu também e dormimos quase o tempo todo. ele foi do meu lado mesmo e ficou pegando em mim, mas nada d+. dormí como uma pedra e nem vi mais nada...

adoro esses dois! Alexa e Emanuel

querida Helle dinamarquesa e eu com o blaizer cheio de coisas do Emanuel

Passeios pela cidade

o tailandês mais gracinha

aulinhas de dinamarquês express

A turma ensaiando a apresentação que seria de noite

o Neil na melhor valsa de todas *.*