Festa

Ai que raiva de mim, tanto tempo sem escrever e agora acumulou coisa demais para falar, nem vou conseguir falar tudo que tinha planejado, era pra escrever sobre a minha anciedade e tpm antes da mudança,sobre o dia maravilhoso de neve, depois contar cada detalhe(ou os permitidos) da super festa em Oure, escrever um post todo melancólico sobre Vester Skerninge e minha primeira familia no dia que eu iria mudar, escrever sobre minha nova familia, sobre o natal e o ano nove ja esta quasei ai.
Mas os dias foram corridos e quando finalmente parei descobri que não conseguiria usar a internet nessa nova casa, desaaaaastre né? Minha intenet ainda não voltou, estou no pc do meu host irmão.
O jeito é voltar um pouco e tentar retomar a narrativa ao dia 17, um dos melhores dias que eu tive aqui.
No dia anterior tinha nevado o dia inteiro em quase todas as cidades dinamarquesas, menos aqui, cidades a apenas 40 quilômetros de distância estavam cobertas de neve e só Svendborg, Vester Skerninge e Oure que não, as três cidades que eu frequento. Era irritante ver os ônibus e trens vindos de Nyborg, Odense, Faaborg todos cobertos de neve, era irritante escutar no radio que Fyn estava branco, enquanto eu estava em Fyn e tudo que via era um dia cinzento e chuvoso.
No dia seguinte eu iria encontrar com os intercambistas da aula de dinamarques, mas imaginem a minha suspreza quando abri a porta e tinha neve até a metade da porta e não conseguia nem ver a rua. Andar de bicicleta estava fora de questão, voltei a dormir.
Lá fora uma neve que não parava e um vento sem igual, estava morrendo de medo de não conseguir sair de casa de noite pois seria a festa de natal na minha escola, a primeira que eu conseguiria ir depois de tantos desencontros.
A neve só parou de cair às 2 da tarde e eu pude sair, ir a praia, tirar fotos, me jogar na neve e tudo mais que eu podia naquela imensidão macia e branca, lindo!
De noite demorei o dobro do tempo para chegar na escola, cheguei lá e todos já estavam quase prontos, eu não tinha nem começado. Faltando 30 minutos pra festa eu não sabia nem que vestido colocar! E é extremamente irritante como aqui de fato todas as pessoas chegam no horário em festas. No Brasil se a festa era às 20:00 eu começaria a me arrumar as 20:30 para chegar depois das 21:00. Fui de quarto em quarto caçando opiniões, lápis de olho, granpos e tudo mais com as meninas.
Por fim todas as meninas já estavam prontas no quarto da Maya me ajudando a terminar de arrumar e claro, elas me fizeram sair de cabelo solto.
Chergando na festa o pessoal já estava meio bebado, falando alto, vindo pro meu lado, me abraçando e dizendo "que bom que você veio!!!!" em inglês. Vale ressaltar que eu nunca havia visto a maioria dessas pessoas na minha vida, ou outras eu já tinha visto mas nunca falaram comigo.
Antes da festa teve um showzinho de talentos, nada de mais. Depois boate, uhul! Parece que o pessoal não estava alcoolizado o bastante e permaneceram estáticos em suas respectivas cadeiras enxendo a cara. Por sorte a Maya é das minhas: ama dançar e dança feito louca perfeitamente sóbria.
Fomos dançar sozinhas, todo mundo olhando pra gente, principalmente para mim porque eles só me veem na escola em horário de aula. Algumas amigas vieram dançar e falaram "menina! você é muito sexy dançando!!" ...ai meu quadril brasileiro...
Depois de um tempo todos estavam devidamente bebados e a pista lotou. Todo mundo dançando com todo mundo, meninos e meninas. Um grupo de garotos da minha sala me fexou em uma rodinha e começaram a dançar comigo. Algumas meninas da dança que converso, mas não sou amigona, não paravem de me abraçar, falavam que eu era de mais. Um menino que falou comigo umas 3 vezes contadas da minha sala veio dançar comigo e chegou em mim!!! Isso não é normal aqui galera, só se a menina der bola, e acreditem, eu NUNCA dei bola pra ele, não mesmo. E ele não parava! Minhas amigas me tiravam de perto dele e logo ele voltava atrás de mim.
Um menino que nunca vi na vida me puxou pra dançar e o fulano se achava o tal, tinha uma pinta de Sidney Magal de marca maior, ele estava quase me chamando de Sandra Rosa Madalena, me pegava pelo cabelo, me rodava, carregava, tive que parar antes que ele me quebrasse.
Eu não havia bebido nada, não queria gastar meu dinheirinho de intercambista com uma coisa que ia manchar minha imagem de brasileira boazinha que todos tinham de mim, mas fácil fácil eu poderia ficar bebassa lá. Cada um leva sua bebida ou compra no bar. Eu recebi champagne, vinho, vodka, cerveja e até wisky de alguns amigos e até pessoas que mal conheço, mas segundo elas "estavam me dando boas vindas a Dinamarca".
Sentei para descansar, Mathias, Daniel, Casper(esse quase me jogou na neve, mas relevei) e outros que já conversava vieram falar comigo, muito fofos, mas de repente um menino aparece do nada na minha frente com uma garrava de cerveja pra mim e uma pra ele "bem vinda a Dinamarca!". Eita mais um pilantrinha querendo me embebedar, mas dai ele começou a ditar os três D's proibidos do Rotary pra mim
-No drink, no date, no drugs, no drive
-Perai, como você sabe?
-Eu sou intercambista também! Eu vou ano que vem
-Legal, pra onde você quer ir?
-Argentina, Brasil ou EUA.
Brasil? Opa, virou meu best :p Por fim descobri que ele já queria conversar comigo a tempos mas não tinha coragem (o que o alcool não faz com os danêses ein?) e a Maya até já tinha me falado dele há uns meses atrás mas eu esqueci de procurar saber quem era. Anyways, conversamos um pouco e eu achei que no dia seguinte ele ia esquecer de mim pelo estado alcoólico da criança.
Quando a festa estava quase no fim eu já não aguentava mais nada, meu pé tinha virado pó há tempos. Daniel me chamou para conversar. Adoro ele, todo mundo já sabe disso. Ele me contou que a próxima grande festa seria só em março (buááá) e que era uma formatura como nos EUA que você tem que ir com par, ter aquela pulseirinha com flor e tudo mais. Ai ele começou a se lamentar por ter que achar um par, que ele odiava isso, que ele teria que usar terno e que ele não estava afim. Enrolou, enrolou até que por fim disse: você que ir comigo? Achei engraçado, a coisa só vai rolar daqui uns 3 meses e o menino já estava esquentando a cabeça. Quando ele me falou disso eu já me imaginei indo sozinha porque eu sou nova e os meninos que conheço são todos veteranos e cheios de amigas, principalmente o Daniel que conhece só o gymnasium todo. Aliás, espero que ele se lembre disso porque ele estava um pouco bebinho.
O fim de festa chegou: casais em um canto, bêbados terminais no outro e meus amigos na sala de TV assistindo Friends e me juntei a eles. De repente aquilo me pareceu surreal! Alí estava eu, deitada no ombro de uma danesa, de mãos dadas com outro danês deitado ao meu lado, conversando com outro garoto assistindo Friends as duas da manhã na minha escola da Dinamarca. Nunca imaginaria uma coisa dessas há quatro meses quando eu estava às duas da manhã no meu apartamento em BH assistindo o mesmo seriado, nunca imaginaria que me sentiria tão a vontade com pessoas tão diferentes de mim, nunca imaginaria que em quatro meses ia encontrar um lugar com pessoas que me fariam variar de humor feito uma louca, que me fizessem me sentir um lixo em um dia e a pessoa mais querida do mundo no outro, que me levassem do stress a calma e nunca, nunca imaginaria que em quatro meses amaria cada pedacinho daquele lugar, daquela situação, daquelas pessoas.
De volta ao quarto um menino bate a porta e toca violão pra gente, uma menina vem fofocar, uma outra vem nos abraçar para dar boa noite e outra vem me falar para ir no quarto dela na manhã seguinte para ela me desejar um feliz natal quando ela estiver sóbria.
No dia seguinte todos de portas abertas limpando os quartos, devolvendo coisas que pegaram emprestadas e se despedindo de casa um com o maior carinho, inclusive de mim.
Chegando em casa muitos convites de amizade no facebook e sim, o menino que vai fazer intercâmbio lembrava de mim.
Depois da festa só conseguia pensar em uma coisa: quero morar em Oure.

Neve *.*


neve, pernas de fora e fotografo bebado...niiice

Não sei quem 'e mas dancei horrores com ele :p

Andreas

Mathias

Sofie e Maya

Comentários

Anônimo disse…
Mathia muiiiiiiiiiito lindo <3
Bee disse…
Quero morar em Oure [2]
caraa, neve é muito lindo *--* shoquei :O

e esse mathias hein? super lindinho, hihi

Ô Lu, vê se não some mais .-.
Luísa disse…
awwwww Lu, que gracinha *-----*
mesmo que so realmente tendo conhecido um, haha, dinamarqueses deixam a gente doida, eu sei!!!
mas que bom que voce ta a,amdp menina, e isso que realmente vale a pena!!
Beeijo
cecilia disse…
Padoqueets! Como vc está?? E a new family, all right?
Nossaa,essas fotos da neve são lindaas!! Que vontade deesar aí tb!! Pq aqui está parecendo uma saunaa :-/ hehe
E que festaa!!! Nem parece que o Oure é um high school!!! Babei!! hehehe
Bom, lindinhaa, feliz ano novo pra vc!!!!!! que 2010 seja O ANO!!! hehhe
Te amooo!
Cih
Erica Ferro disse…
Adooooorei as notícias.
É tão bom ver você bem e feliz aí.

É a vida, Luiza. Um dia estamos bem, outros nem tanto, mas é a vida... E isso é belo! Isso é mágico.

As fotos, pra variar, estão mais do belas.
Adooooooorei ver a neve, você dançando sem parar, haha.
Tudo em fotos!

Obrigada, Lu. Por me dar a chance de conhecer você, enfim...
Você fez o meu 2009 mais feliz e bonito.
Obrigada por sua amizade 'bloguística'.

Feliz ano novo!
Tudo de melhor e mais perfeito eu desejo a você.

Um beijo.
luuu, saudades! tava querendo conversar com voce ja faz um tempo!nao sei se nao tenho o msn certo ou se voce nao entra quando estou onn, perdi a senha e o nome do meu skype entao , criei outro.o email e o mesmo do msn. nao consegui falar com voce na cam no natal de taanto tumulto.anyway, FEELIZ 2010!
Lu T. disse…
Lu !!
que saudades menina !
adorei ler tudo isso !
principalmente a parte de você deitada no sofá assistindo friends de madrugada,acredita que chorei lendo?hahaa
me lembrei de quando a gente assistia junto =/
aproveita muito aí,esse lugar tem tudo a ver contigo !Muito fofo o daniel de ter te convidado pra ser o par dele ^^
E esse Mathias hein?PQP me joga na parede e me chama de lagartixa !
HAHAHAHA
Lu Feliz 2010 meu bem ! que você continue a aproveitar aí e seja muito feliz aqui tbm,agora vou ta do seu lado pra te enxer muito !
te amo amigaaaaaaaaa!
Teresa disse…
tava com saudades desse blog, e de ter noticias soobre vc =]]
é ótimo ver q a cada dia que passa vc está mais feliz por ai.. eu fico feliz tbmm! :D
hahahah
neeeve *.* que voontade de estar ai...
e como foi o natal e o ano novo lu?

super beeijo, saudaades
Carol by Carol disse…
maravilhosaaaaaaa a cidade!
vai ter coragem de voltar? ahhhh eu num voltava! parece mtooooo legal viver ai!
Ana Seerig disse…
Adoreeeei!

Tudo pareceu tão legal!

=)

Postagens mais visitadas