Melhoras e batata frita =p

Oi gente! Estou melhor! Eu disse, disse que era só me deixar curtir fossa sozinha que eu ia melhorar. E claro, com ajuda de uns comentários fofíssimos que recebi e uns abraços de pessoas especiais *.*
Então, é com mais animação que volto para contar uma coisa que esqueci de contar do show da Medina. Quem me conhece pessoalmente sabe que sou louca com dança e em festas o meu lugar é a pista de dança, sempre! E eu danço freneticamente! Por sorte achei a Naty que é das minhas, ama dançar as mesmas músicas que eu.
Então, no dia do show estava rolando música antes dos artistas subirem ao palco. Ai tinha o palco, uma pista de dança na frente desse palco e em volta, um pouco mais alto que a pista, algumas cadeiras em volta e umas mesas. Todo mundo entrou e foi sentando ou ficando em pé, fora da pista. Como agente não é de desperdiçar música boa fomos pra pista. Agora imaginem, duas garotas dançando feito loucas no meio de uma roda enorme de gente olhando pra elas! Pois é, foi assim mesmo! Fomos a atração do momento. E pra ajudar ainda tinha uma louca que ficava gritando "uhuuuuuuul" e batendo palma pra gente....eita.
Agora vou contar o que muita gente deve ter se perguntado quando viu o título: que história é essa de batata frita?
Então, seguinte, um dia desses, semana passada acho, eu estava no quarto do Daniel ai o Casper, um menino da minha sala, chegou perguntando em dinamarquês se eu gostava de uma certa coisa. Eu entendi que ele queria saber se eu gostava de algo, mas não sabia o que significava esse algo. Aí Daniel disse "é batata frita". Acreditei e disse que gostava. Aí passou um garoto no corredor e Casper fez a mesma pergunta, o menino disse que não, ai ele me disse "é, ele não gosta de batata frita". Eles me fizeram repetir algumas vezes, pra ver se eu tinha aprendido mesmo.
Já tinha esquecido dessa história, mas terça estava conversando com Mathias e Maya e não sei como Casper entrou na conversa e começaram a falar danês, eu comecei a mexer no computador e parei de prestar atenção no papo, até que ele gritou "batata frita Luiza?" Ai Maya disse:
-Vocês está entendendo?
-Hm? Oh...desculpa não prestei atenção...o que foi?
-Nada, ele só está querendo te ensinar a falar pênis em dinamarquês (foi mals garele, mas tive que escrever)
-Que??? Ain carai...espera, como fala batata frita em dinamarquês??
-(daí ela falou um trem que, na boa, não faço a menor ideia de como escreve, mas completamente diferente do que os meninos tinham falado)
-NÃÃOOOOOOOOOOO
Gente, juro, fiquei vermelha de um tanto, de um jeito que nunca fiquei. O povo raxou de rir da minha cara, claro.
Agora toda hora que Casper passa perto de mim ele me pergunta se eu vou comer batata frita O.o
Falei isso pra Jel e ela disse: Ah amiga, pelo menos você disse que gosta né?
Hahahahahahah

Comentários

Erica Ferro disse…
HUASHASUHASUHUASHUASH

Me acabo com esses teus posts, Luiza. Me acabo de rir!

Fico feliz que estejas melhor, viu?
É aquela coisa: nada como um dia após o outro.

Beijo.
Ana Seerig disse…
É bom te 'ver' animada! =)
Cara, ele te passou o golpe hein?
ashaushaus
Mas tu pode fazer o mesmo em português... asuahsaush Começa a chamar ele de alguma coisa e diz que tem outro significado... Sei lá...

ahsuasha

Bjoo
Teresa disse…
é ótimo ver que você anda melhorando lú... :) não comentei no outro tópico mas tenha certeza q eu li tudo =)
hahahaha q menino idiota! acho q eu ia matar ele... ;p mas como a Ana ai em cima disse, vc pode fzr o mesmo com ele! euheueheueh :p

beeijos lu, mt mt saudade!
te amo ♥
Teresa disse…
ps: e eu imagino a loucura na pista de dança! hahahaah vontade de ir praquelas festas nada bombantes e dançar horrores com você! :))
bju
Luiza T. disse…
boaa!
acho que isso pede vingança luu!
Lê =D disse…
Luhh, suas 'peripécias danesas' me divertem! hauhauhauha
Beijooo!!
sobrefatalismos disse…
rsrsrsrs, mas voce aproveita a vida mesmo!
Adoro batata frita!
Mari disse…
Hahaha!!!
Ai.... rir de mais!!