Show da Medina e o mês da depressão =/

Demorei? Fala sério vocês nem sentiram falta!
Desculpa não falar nem pra onde ia, mas na hora que escrevi o último post a aula já estava acabando e todo mundo estava na correria pro almoço. E a demora de tanto tempo para escrever é que nunca estive tão ocupada, só tenho tempo durante as aulas, mas perece que a medida que o tempo vai escurecendo a cada dia, meu humor piora. Agora estou na escola, meu humor não está dos melhores
O fim de semana foi muito bom. Na sexta fui pra casa da Naty, 3 horas sentada no chão do trem, nada luxuoso, mas essa história de pagar para reservar lugar já não faz parte da minha vida há um bom tempo. Agora cada Coroa é contadinha.
Na casa dela ia ter um jantar de aniversário pro host irmão dela, o jantar estava uma delícia de verdade.
No dia seguinte fui pra Holstebro, cidade da Lívia. Conheci a casa e a família super gracinhas dela, e ela tem um irmãozinho de dois anos que me lembrou muita a minha irmã do Brasil. Lindo de mais.
De noite fomos para a boate onde seria o show tão esperado.
Eram sete artistas aqui da Dinamarca, eu só conhecia dois, Medina e Joey Moe, e conhecia duas músicas de cada, mas foi muito bom. Dançamos muito, demos muita bobeira, nos divertimos com as tietagens do danêses. Depois do show fomos para pista de dança.
Saímos as cinco da manhã a pé pra casa, nem senti o frio, a dor que sentia nos pés por conta do salto sobressaía. Domingo cheguei em casa depois das 22:00.
Ah gente isso ficou uma droga, não consegui relatar nem metade do que aconteceu, mas não estou animada pra nada, e nem adianta esperar a animação chegar porque a cada dia é pior.
Quando cheguei aqui me lembro dos meus colegas de classe falando que Novembro era o pior mês na Dinamarca e todo mundo ficava deprimido. Estava no verão, no inicinho do intercâmbio, achando tudo lindo e perfeito, nem acreditava que isso podia acontecer.
Me surpreendi quando minha amiga me perguntou o que eu tinha por que estava com uma casa péssima. Quando eu disse que não sabia ela disse: é o mês de Novembro.
De fato, esse mês é danado! Não tem nada, Outubro ainda teve a semana de férias e Dezembro é todo voltado para o Natal dês do primeiro dia. O que Novembro tem de diferente é que os dias estão ficando cada vez mais frios, mais curtos e escuros. E aqui nessa época o ano letivo nem na metade está, então nem tem aquela clima bom na sala de aula, clima de férias. Sem contar que há mais de duas semanas o sol não aparece, só esse céu cinzento.
E o mês está se arrastando de uma maneira...o tempo não passa! Tudo que queria fazer era só dormir, ficar na minha cama o dia todo sem pensar em nada, mas é o que menos tenho feito, ontem mesmo eu cheguei as 23:00 em casa porque fui em uma apresentação com a escola.
Gente, aceito mensagens de incentivo, mas se mais alguém vier falar que eu não posso ficar triste porque esse é meu ano de intercâmbio, eu vou ficar fula da vida, deixa eu ficar nesse humor negro, pelo menos por uns dias.



Tá, tem mais uma coisa que está ajudando muito a me deixar pra baixo, mas não sei se escrevo aqui...=(

Naty louca com o Brasil feito de batom (o mesmo gritante da minha boca :s )

Medina

Antes do show

Comentários

Ana Seerig disse…
Se os dias fossem sempre bons, não haveria graça. Lembrar dessas épocas deprimentes de nossa vida é o que nos faz ficar ainda mais contentes nas épocas excelentes...

Possivelmente é o ambiente que deixa todo mundo tão deprimido, afinal sem luz nenhuma praticamente...

De qualquer modo, não importe-se em relatar bem as coisas, preocupe-se primeiro contigo. Se se sente bem e quer escrever (seja um relatório detalhado das tuas 'aventuras dinamarquesas' ou não), escreva, caso contrário, não escreva. Óbvio que vamos sentir tua falta, mas tu tem que fazer algo que te faça sentir bem... Nada que tu fizer sem vontade ficará realmente bom...

Resumidamente, curta o teu humor (bom ou ruim) da forma que melhor lhe parecer...

;D

Bjo
Erica Ferro disse…
O que eu falo, hein? Essa Ana é toda completa, cara. Haha!

Só posso dizer que adoro suas descrições super animadas de tudo o que você vive aí, mas entendo que nem tudo são flores e nem todos os dias se está bem para escrever com bom humor e alegre.
Às vezes a gente cansa, fica deprimida (e o clima aí parece ajudar), mas depois passa.
O ideal é não se afundar tanto na tristeza, apenas 'curtir' esse momento, que costuma ser bem reflexivo.

É isso, Lulu.

Beijão!
Cecília disse…
Lulucaa...
negaa, agora se imagine no meu lugar: fim de ano letivo, correria para estudar anos e anos de matérias, vestibular no fim do mês... Nossa, eu tb queria dormir e só acordar ano que vem e se possível dentro da UFMG hahahaha
Dias assim, negros, acontecem no Brasil, na Dinamarca ou em Tanganica (para vc se lembrar da Mônica...hehehe). Mas tenha em mente que os dias "claros" vão chegar!!
Te amoooo!
Beijos,
Cih
Marina disse…
Geeema!...xD...Anime-se,tem uma coisa boa no mês de novembro!...O meu aniversário!...kkkk...xD...Viu?...Aposto até que jah tah se sentindo melhor!...haha...xD...Eu congelo um pedacinho do bolo pra qndo vc voltar!...haha...Comida eh sempre bom para os ânimos,chocolate então!...Uhuuuu...Afunde a cara no brigadeiro,sempre funciona!...kkk...xD...Tah bom,voh parar com meus comentários de gordinha tensa (como diria Teresa neh!...haha...:P...xD...)!...Fica bem!...xD...Saudades!...:P...xD...:*...