Lá estava eu na cantina, sentada na mesa de almoço, conversando com os únicos dois caras jovens ( e muito bonitinhos) da empresa. Uma conversa super animada sobre boates, cervejas e noitadas começou a se desenvolver e eu, sem nem preceber as pessoas que se sentavam em nossa mesa, comecei a contar mil histórias sobre porres federais e festas loucas. De repente o velhinho sentado ao meu lado começa a rir e eu decido ver quem era..ai, pra que? Era nada mais nada menos que o precidente de toda a Companhia...



Comentários