Terceira família

Sim, mudei, mais uma vez tive que colocar tudo na mala, limpar o quarto, jogar coisas que não precisava mais no lixo, devolver coisas emprestadas...tudo isso de novo. Mas dessa vez fui bem mais organizada, não deixei tudo pra última hora como da última vez, deve ser porque da primeira vez eu não queria deixar aquela família de jeito nenhum e agora eu nem ligava tanto.
No sábado antes da mudança minha host avó fez uma pequeno jantar de despedida, foi legal, eu gosto muito dela.
No domingo nem parecia que eu ia me mudar. Acordei normalmente, tomei café sozinha porque sempre acordo mais tarde, fui pro meu quarto terminar de arrumar, almocei e estava pronta pra ir. Da primeira vez todos me esperaram acordar para tomarmos café juntos, ganhei presentes e cartões. Sem contar que minha mãe ajudou em tudo pra arrumar mala.
Na hora de ir, os três meninos estavam vendo TV. Anthon se despediu normalmente, Sigfred nem levantou do sofá (acho que ele me detesta) e Carl-Emil foi o único que me deu um abraço de verdade, disse que ia sentir minha falta e que estava me esperando dali a duas semanas. Me surpreendeu porque eu achava que ele detestava me ter lá, já que eu estava dormindo em seu quarto.
Katja me levou de carro na nova casa. Casa grande, meio afastada da cidade. Chegamos e a porta se abriu, alí estava minha nova família, já fazendo piadinha com minha quantidade de malas e caixas. A mãe e o pai eu já tinha visto, tinha um menino de 17, um de10 e um de 14 mais ou menos.
O de 17 é meio arrumadinho de mais, do tipo, brinco de brilhante, roupas coloridas e cabelo duro de tanta pomada, mas é até bonitinho, sem contar que ele é muito legal e estou muito feliz por ter alguém da minha idade em casa.
O de 14 anda pela casa procurando algo para cortar, desmontar, destruir e construiur algo diferente, achei ele bem interessante, mas ele é meio vesgo e nunca sei pra onde ele está olhando.
O mais novo não fala muito comigo, ele é bem tímido, mas ele presta muita atenção pra casa coisinha que falo.
Levaram minhas coisas pro quarto e fomos tomar um chá.
Todos muito simpáticos.
Fui arrumar o meu quarto. Minúsculo, nem eu sei como consegui colocar todas minhas coisas lá dentro, mas é bem aconchegante e minha cama é uma delícia!
Por enquanto está tudo bem, mas nova família é sempre diferente, sempre fico sem saber o que fazer, como agir e interagir, mas espero muito que dê tudo certo e principalmente que eles gostem de mim.

ps: desculpa pelos desabafos no post anterior, era TPM mais inferno astral (falta um mês pro meu aniversário galera :D) mais o fato de ter lido o livrinho que meus amigos e familiares escreveram pra mim, me deu uma saudade...

Comentários

MariaFlor disse…
Padóóó! 3º familia já?!? Tá passando rápido até pra mim que to de fora hehe Mas a saudade tá só apertando!
Bom, entãoo... menino da nossa idade, hein!?! hahahahahaha quero ver fotos!!!
Brincadeiras a parte, to torcendo muuito para que seja uma familia especial e que te faça sentir bem aí!!!!!
Beijos, te amo,
Cih
Ana Seerig disse…
Espero que tu te habitue melhor com essa família do que com a última... Quem sabe ter alguém da tua idade aí não facilite as coisas? Tomara que sim!

=)

Postagens mais visitadas